ORQUESTRA JOVEM DE SERGIPE

Iniciado em março de 2014, o Projeto Orquestra Jovem de Sergipe atende jovens em situação de vulnerabilidade social dos Bairros Santa Maria e 17 de Março, oferecendo aprendizado musical de excelência em instrumentos de cordas (violino, viola, violoncelo e contrabaixo), percussão e canto coral. As aulas são realizadas no Colégio Estadual Vitória de Santa Maria, de segunda a sábado.

Além disso, o processo de aprendizagem envolve apresentações públicas na própria comunidade e em espaços públicos da capital e do interior sergipano. A Orquestra Jovem de Sergipe já apresentou concertos no Museu da Gente Sergipana, no Parque dos Cajueiros, no Parque da Sementeira, na Praça General Valadão, no Teatro Atheneu, no Asilo Rio Branco e nas cidades de Carmópolis e Simão Dias, além de recitais nas sedes das empresas parceiras e outros espaços.

O projeto é realizado pelo Instituto Banese em parceria com o Governo do Estado de Sergipe (através das Secretarias da Mulher, Inclusão, Assistência Social, Trabalho e dos Direitos Humanos; de Educação e da Cultura) e pelo Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio das empresas Sergas e Energisa e apoio do Instituto Marcelo Déda.

Público direto: 120 crianças, adolescentes e jovens, dos 07 aos 24 anos, moradores do Bairro Santa Maria e 17 de Março.
Público indireto: pais, familiares, a comunidade escolar onde as aulas são realizadas, além da comunidade do entorno, através dos ensaios e apresentações públicas.

O projeto atua na formação de cidadãos conscientes e criativos, expandindo sua percepção intelectual através da música e do incentivo ao acesso a outras expressões artísticas. Deste modo, a ação estabelece perspectivas de mudanças de atitude para o exercício da cidadania plena, com efeitos na proficiência escolar que tem gerado ampliação de possibilidades de interações sociais e objetivos profissionais.

No Bairro Santa Maria, marcado por altos índices de violência e exclusão social, os benefícios do projeto se ampliam por meio da disseminação da música e da educação musical na comunidade, além da mudança de hábitos culturais. E devido à visibilidade positiva proporcionada pela música e o talento de sua juventude, os resultados do Projeto Orquestra Jovem de Sergipe também se desdobram na promoção da autoestima dos moradores e da coesão social.

Visite o site do museu AQUI